/ Polícia

Homem é amarrado e levado para execução, mas rende suspeitos e atira neles

12/08/2017 22h14 Atualizado em 13/08/2017 11h31

Foto: Edson Pessoa/Sistema Tambaú

Redação Tambaú 247 - Uma história com muitos personagens e com um final quase trágico. O enredo se deu no início da noite deste sábado (12) e começou no bairro Esplanada, em João Pessoa. Segundo relato da polícia ao Portal Tambaú 247, um homem estava bebendo perto de sua residência no Esplanada e no começo da noite decidiu ir até um ponto de venda de drogas na Comunidade Gauchinha.

Ao chegar no local, o comandante da 'boca de fumo' perguntou a três pessoas de onde eles eram. Quando esse rapaz respondeu, o dono do ponto ordenou que os comparsas o amarrassem, colocassem dentro de um carro e o levassem para ser executado. A justificativa do chefe do tráfico é que moradores do Esplanada teriam assassinado o seu irmão e por isso a represália.

Conforme apurou a reportagem, os comparsas do dono da 'boca' assim o fizeram. Amarram o rapaz e iniciaram as agressões. Conforme a vítima, foram desferidos várias coronhadas, além da surra. O rapaz, entretanto, reagiu e entrou em luta corporal com os suspeitos. Ele acabou conseguindo tomar a arma e efetuou disparos contra os dois. Feito isso, a vítima entrou no Fiat Uno - o mesmo em que havia sido usado para levá-lo a té esse local, também no Esplanada - e foi para a Central de Flagrantes. Ele chegou ensaguentando e apresentou sua versão do fato. Também entregou a arma à polícia e relatou que a tomou dos suspeitos que queriam executá-lo.

Feridos - Os dois baleados foram conduzidos para o Hospital de Emergência e Trauma da Capital. No hospital, eles deram outra versão do fato. Disseram que eram vítimas de um assalto. Um foi atingido por um tiro no abdome e o outro de raspão na cabeça perto da orelha esquerda.

 

Por Redação Portal Tambaú 247


Ver todas

Veja Também