/ Diversão

Netflix lota maior auditório da CCXP e mostra sua força como produtora de conteúdo

15/04/2017 17h17 Atualizado em 17/04/2017 13h04

Foto: Giorgia Wolf (Stalo - Estratégia Digital)

A Netflix. produtora e distribuidora de produtos audiovisuais por streaming, mostrou sua força ao lotar, na tarde deste sábado (15), o maior auditório disponível na CCXP Tour. Foram mais de 2.500 pessoas, que encheram o espaço com energia e ansiedade.

Muito esperado, o painel foi aberto e conduzido por Aline Diniz, do site Omelete, que aqueceu a plateia enquanto a programação não começava. A Netflix preparou uma abertura com todas as suas produções originais e cada frame de "House of Cards", "Orange is The New Black", "Narcos" (e todas as demais séries) era acompanhado de gritos que contagiaram e arrepiaram os presentes.

Os primeiros convidados foram os atores Vaneza Oliveira e Rodolfo Valente, que compõem o elenco da primeira série brasileira da marca, "3%". A produção, inclusive, é a série de língua não inglesa mais assistida no mundo todo. "É incrível como a Netflix quebra essas barreiras territoriais e como nosso produto foi bem aceito no mercado internacional", destacou Vaneza, que também ressaltou alguns aspectos do processo de gravação, rotinas de ensaio e a amizade dentro do set de filmagem.

Miguel Ángel Silvestre, o Lito de Sense8, entrou logo em seguida, levantando a plateia eufórica. O ator, muito simpático, abraçou o carinho dos fãs e falou um pouco da importância do seu papel dentro do contexto político LGBT no mundo. "Estamos em um momento de avanço, mais delicado. O amor não pode ser julgado e o Lito é um presente, uma maneira de eu agradecer a este público tão querido", comentou.

O ator revelou ainda que a primeira vinda para o Brasil, na CCXP de 2016, em São Paulo, foi reveladora. "Foi a primeira vez que sentimos o amor das pessoas pela série", disse. O painel apresentou ainda cenas inéditas da segunda temporada, que estreia em maio no canal de streaming.

Em seguida, foi a vez de "13 reasons why", a mais nova série, e já fenômeno mundial do canal, entrar em cena. Os atores Brandon Flynn, Alisha Boe e Christian Navarro contaram um pouco do processo de produção e o que acharam do Brasil. "É incrível a energia dos brasileiros, nunca tinha sentido isso. E eu amei o bolo de rolo, é maravilhoso", revelou Alisha. Sobre a produção, Christian acredita que é uma grande lição para quem assiste. "Tem tanta coisa acontecendo no interior da gente quando somos jovens e ninguém presta atenção, ao contrário, as pessoas são cruéis. Precisamos espalhar amor e aprender algo olhando para a história de Hanna", comentou sobre a personagem protagonista do show.

Fechando o painel, Finn Jones, o Punho de Ferro, mostrou-se tímido, mas bem humorado ao falar sobre a parceria da Marvel com a Netflix, revelando detalhes da produção, rotina de gravações e seu carinho pelo público brasileiro.

Por Luan Barbosa (Stalo - Estratégia Digital)

 

Por Redação Portal Tambaú 247


Ver todas

Veja Também