/ Ciência e Tecnologia

Vídeo: A Terra ganhou uma nova nuvem, e ela é assustadora

15/04/2017 15h Atualizado em 18/04/2017 18h09

Ficar com a cabeça nas nuvens é ótimo – todos nós precisamos de férias. Mas há quem leve a expressão popular à sério (e ao pé da letra): “nós amamos as nuvens”, lê-se na página inicial da CAS, a Sociedade de Apreciação das Nuvens . “Para nós, elas são a poesia da Natureza [ sim, com “N” maiúsculo ] e a mais igualitária de suas demonstrações, pois todos podem ter uma visão fantástica delas […] As nuvens são feitas para sonhadores, e sua contemplação é boa para a alma.”

O amor pelos céus a vai além da mera apreciação – a CAS também é uma espécie de grupo ativista.

Em 2009, Gavin Pretor-Pinney, o fundador da sociedade, adotou para si uma missão muito particular: incluir a “undulatus asperatus”, um tipo de nuvem não reconhecido pela ciência, no Atlas Internacional das Nuvens , um dos livros de referência mais importante dos estudos meteorológicos.

Por Redação Portal Tambaú 247


Ver todas

Veja Também